Cadastre aqui seu email e recebe nossos informativos
Novo Canal de Atendimento (11) 983982104

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA OPERACIONAL
Como alcançar a racionalização do uso de energia na operação de suas empresas ou seus projetos.

DATA DE REALIZAÇÃO: 20 e 21 de Março 2018

CONSIDERAÇÕES

A eficiência energética é um assunto atual e crescente dentre as preocupações das empresas. Cada vez mais ela é reconhecida como uma abordagem efetiva para a redução de custos operacionais e aumento de competitividade. Você sabe fazer um autodiagnostico energético ou identificar as tecnologias e práticas mais eficientes do mercado? A eficiência energética também ajuda a reduzir as emissões de gases do efeito estufa e serve como fonte alternativa de energia para enfrentar a crise energética mundial premeditada pelo esgotamento dos combustíveis fósseis. No Brasil, os setores de edifícios e industrial corresponderam à maior parte do consumo nacional de eletricidade: 51% e 38%, respectivamente, em 2016. De acordo com as projeções de demanda da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), estima-se que até 2050 aproximadamente 330 TWh de energia elétrica devem ser economizados através da implantação de políticas e ações de eficiência energética – e os setores de edificações e da indústria são os que mais contribuirão com esta redução do consumo. Neste contexto, o conhecimento dos principais conceitos, recursos e ferramentas disponíveis para racionalizar o consumo de energia em edificações e indústrias faz-se fundamental, de modo que sua implementação eficaz traz ganhos financeiros e competitividade aos negócios e ao mercado brasileiro. A prática e a adoção de medidas de eficiência energética requerem conhecimentos especializados sobre sistemas consumidores, sobre o processo de diagnóstico energético e os princípios que guiam um sistema de gestão de energia.

1. OBJETIVOS

  • Fornecer aos alunos uma visão mais ampla do consumo energético de edifícios e indústria, entendendo sua importância no contexto nacional para redução de custos e redução de impactos ambientais;
  • Informar as principais políticas e compromissos internacionais de eficiência energética que estão impulsionando a transformação do mercado energético brasileiro;
  • Conceituar a Eficiência Energética (EE) e apresentar Medidas de Eficiência Energética (MEEs) através do entendimento dos principais sistemas consumidores de energia, identificação de ineficiências e das principais tecnologias eficientes;
  • Apresentar a avaliação de viabilidade financeira e as principais fontes de financiamento disponíveis para implementação das MEEs;
  • Apresentar as principais etapas para realização de um diagnóstico energético e os aspectos que compõe um Sistema de Gestão de Energia (SGE).

2. CARGA HORÁRIA

16 horas

3. PÚBLICO ALVO

Engenheiros, arquitetos, projetistas, profissionais das áreas de O&M/Facilities, compras, financeira, projetos ou qualquer profissional que tenha como objetivo alcançar a racionalização do uso de energia na operação de suas empresas ou seus projetos

4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Eficiência, Redução de Custos e Sustentabilidade
    • Consumo de energia em edificações e na indústria
    • Avaliação dos impactos energéticos: emissões de carbono, energia primária e custo
    • Eficiência energética (EE) e sustentabilidade
    • Políticas nacionais e exemplos internacionais
    • O alto preço da ineficiência: Cases
  • Medidas de Eficiência Energética (MEEs)
    • Definição e identificação
    • Principais sistemas consumidores de energia
      • Iluminação
      • Ar Condicionado e Ventilação (AVAC)
      • Aquecimento de água
      • Motores
      • Elétrica e automação
      • Ar comprimido
      • Processos térmicos
      • Outros sistemas
    • Novas tecnologias eficientes
    • Tecnologias eficientes: Cases
    • Análise de viabilidade financeira
      • Custos de implementação
      • Cálculo de economias
      • Tempo de Retorno, TIR e VPL
    • Políticas de Financiamento: Recursos financeiros disponíveis
  • Diagnóstico energético
    • Estrutura, contratação e escopo
    • Níveis de trabalho
    • Levantamento remoto e pré-diagnóstico
    • Visita técnica, walkthrough e ferramentas
    • Análise do consumo
    • Relatório e avaliação crítica
  • Gestão Energética
    • Conceitos e contextualização
    • Monitoramento e curvas de carga
    • Indicadores e benchmarking
    • Sistema tarifário
    • Análise crítica dos sistemas
    • Medição e Verificação (M&V)
    • Procedimentos de Operação e Manutenção (O&M)
    • ISO 50.001 e 50.002: Gestão de energia

5. METODOLOGIA

O curso é apresentado de maneira dinâmica e interativa, com apresentação de cases e exemplos reais baseados nas experiências profissionais de seus instrutores.

6. INVESTIMENTO/INSCRIÇÕES

Consulte-nos sobre condições de pagamentos e Clique para obter o valor do investimento


© 2015 Agni Educação Corporativa - Todos os direitos reservados.

Agni - Contato

Acompanhe-nos e veja nossos lançamentos e informativos de educação corporativa.


Linkedin Facebook